Carta de apresentação


O SECRETO MILAGRE DA POESIA

Sentimo-nos bem com seu contacto.
Disertamos sobre as suas maravilhas.
Auscultamos pequenas portas do seu mistério
e chegamos a perder-nos com prazer
no remoínho do seu interior.
Apercebemo-nos das suas fragilidades e manipulações.
Da sua extrema leveza.
Do silêncio de sangue e da sua banalização.

Excerto

in Rosa do Mundo

9 de outubro de 2016

Raquel Rodrigues, Corre a seiva nos meandros...



Corre a seiva nos meandros das coxas
O sacro incha no desejo previsto 
No olhar do corpo que rebola de tesão por entre lençóis de luar

A escrita das sombras refractadas nas paredes despidas de pudor
Onde os pénis deambulam num desatinado de desejo tornando-se hirtos

A glande torna se rúbida no clarão da escrita do pénis
Humedecendo nas pautas escritas de tesão

O encontro dos sexos desalagam 
Em cascatas de sémen perdido nos uivos de prazer.


Raquel Rodrigues
Portugal, Viana do Castelo 1959
photo by Google
Enviar um comentário